Lido noutro lado 3

No Insurgente

Hillary Clinton corrompeu a eleição

Ricardo Campelo de Magalhães
Em 2015, o Partido Democrata estava próximo da falência (como o PS).
Hillary Clinton e os que lhe eram próximos fizeram então uma proposta irrecusável: dinheiro em troca da nomeação. A última líder da direção do partido (após Debbie Wasserman Schultz, que teve de se demitir devido a um escândalo de favorecimento a Hillary…) conta agora detalhes sobre todo o processo.
Esta entrada foi publicada em Eleições Presidenciais, Estados Unidos, Hillary Clinton, Partido Democrata, Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.