Coreia do Norte: o perigo agrava-se

Continua a corrida nuclear na Coreia do Norte. E cresce a ameaça aos vizinhos e ao mundo. Mais que anexar a Coreia do Sul propósito manifesto do regime, Pyongyang quer alterar a correlação de forças na região e amedrontar a China. As reacção dos chineses são inusitadas em 60 anos de relações bilaterais mas manifestamente eles não sabem o que fazer com este vizinho. Não querem a reunificação, não querem uma Coreia do Norte expansionista, mas prefereriam o status quo. Não creio que tenham sorte: a roda dos acontecimentos está em marcha e Kim Jong Un é um homem determinado. A etiqueta de louco não se lhe cola, é paranóico mas inteligente e sabe muito bem o que está a fazer. É minha impressão ou António Guterres tem mostrado que é um flop como secretário-geral da ONU? Não fala, não questiona, não impõe agenda. Vai a reboque dos acontecimentos. Parece um padre numa homilia.

See More

O teste com a chamada “bomba H” foi feito ao meio-dia local (madrugada em Portugal) e foi considerado um sucesso pela Coreia do Norte. Pyongyang realizou este domingo um teste nuclear que gerou um sismo de magnitude 6,3 na escala de…
sicnoticias.sapo.pt
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Aliança Estados Unidos-Coreia do Sul, China, China-Estados Unidos, Coreia do Norte, Relações Estados Unidos-China, Segurança Äsia-Pacífico, Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s