Manuel Pinho e a classe político-empresarial

Um artista português com certeza. Entre o “toma’ e a lata é a expressão de uma classe político-empresarial que sempre dançou entre o público e o privado. Dele ouvi um amigo bem posicionado que Pinho era o “homem” de Ricardo Salgado no governo socialista. Salgado foi-os tendo sempre à medida que mudavam os governos. Os banqueiros sempre foram homens práticos. Parece que lhes pagava por fora porque o vencimento de ministro não estava à altura. Não é preciso ser bruxo para adivinhar os outros nomes. Somos um país de quintinhas e maiorais.

Antigo ministro da Economia chegou esta manhã às instalações da PJ acompanhado do seu advogado, Ricardo Sá Fernandes.
expresso.sapo.pt
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Manuel Pinho, Ricardo Salgado, Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s