Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a ter uma acção positiva, agregadora, convergente como prometeu na campanha eleitoral. Aliviou a crispação que existia no país e ajudou os actores políticos a definirem rotas de convergência. O que se passou passou e não cabe a um Presidente da República andar a fazer política por conta do partido que é fundador. Marcelo não é Mário Soares. Isso é uma enorme diferença. Mais de um ano depois orgulho-me de ter dado a cara por Marcelo em Macau enquanto outros preferiram a sombra à espera do que as modas davam. Na primeira visita presidencial à China e a Macau assistiremos a esses abutres a ocuparem as primeiras filas para os abraços e cumprimentos. O que corresponde à sua dimensão de minhocas.

Presidente da República diz que acredita “em Portugal e nos portugueses”. Diz que é obrigação de todos “respeitar quem nos deu e dá a independência e a liberdade”.…
EXPRESSO.SAPO.PT
Anúncios
Esta entrada foi publicada em China, Macau, Marcelo Rebelo de Sousa, Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s