O comunitarismo fracassou

Concordo absolutamente com o Kepel: o comunitarismo não protege a Grã-Bretanha antes a fragiliza. Não se pode ter comunidades inexpugnáveis lideradas por associações que dizem publicamente uma coisa e não se sabe o que fazem em privado. Depois este é um problema complicado, com inumeras interconexoes que não se resolve com soluções simplistas. E O MI5 é provavelmente o mais bem apetrechado serviço de intelligence europeu.

INTERVIEW – Pour l’islamologue, l’attentat de Manchester, moins de deux mois après celui de Westminster, montre que le Royaume-Uni est une cible privilégiée de Daech.
lefigaro.fr
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunitarismo, Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s