A modorra da Alemanha

A Alemanha parece ter finalmente percebido que não há mais almoços grátis. Há 60 anos vive modorramente debaixo do tecto do dispositivo estratégico da NATO na Europa. Criticou a operação no Iraque, nada fez para ajudar a resolver a questão síria, não se envolveu no peace-building no Afeganistão. Á maneira alemã tem procurado passar entre as gotas da chuva e fazer dinheiro. Agora critica americanos e ingleses. Naquilo que ainda não se sabe nas conversas laterais no G7, Trump deve ter dito isto mesmo na cara de Merkel: não há negócio enquanto vocês não derem para a troca. E ela não gostou. Está habituada a que todos lhe façam bowtow. A questão que se coloca a nós europeus do Sul é se ganhamos alguma coisa com uma alinhamento, sem condições, ao lado dos alemães contra a Grã-Bretanha e os Estados Unidos? A meu ver não. Devemos ser perspicazes.

See More

German chancellor tells election rally in Munich that Europe must take its fate into its own hands after ‘unsatisfactory’ G7 talks
theguardian.com
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s