Matar em nome de Deus

manchester6Mais um ataque terrorista, desta vez em Manchester. O alvo: a audiência de um espectáculo musical de uma das estrelas do público juvenil. O resultado: 22 mortos, mais de 120 feridos. O país apanhado de surpresa por mais um ataque cuja origem islamista é indisfarçável, menos de um ano depois do atropelamento criminoso nas Houses of the Parliament.

O perpetrador, Salman Abedi, 22 anos, era estudante da Universidade de Salford, próxima de Manchester, onde cursava gestão. Segundo indicações da polícia poderá trata-se de uma acção de uma célula terrorista e  não de um indivíduo isolado. Seguidores do Estado Islâmico reivindicaram a paternidade do atentado com um vídeo na Internet “Isto é apenas o princípio. Os leões do Estado Islâmico do Iraque e do Sham começaram o ataque contra os cruzados do Ocidente”.

O nível de alerta em Inglaterra passou a “crítico”, o que quer dizer que é esperado um novo ataque terrorista, a todo o momento. O exército britânico foi destacado pela  primeira-ministra Theresa May para patrulhar as cidades, de forma a ajudar a missão de patrulhamento da polícia. É quase o estado de sítio.

O véu sombrio do terrorismo abate-se mais uma vez sobre a Europa. O propósito é inequívoco: espalhar o terror, amedrontar, perturbar a maneira de viver, condicionar, restringir……

https://opiniaopontofinal.wordpress.com/

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s