Horror em Berlim

As capas dos jornais na Europa falam do ataque do fim-de-semana em Berlim. Um ataque hediondo que atinge uma das mais importantes democracias europeias e a base de sustentação da União Europeia. Replica o que já se tinha visto em Paris, Bruxelas e Nice: o terrorismo é um problema europeu, visa pôr em causa a nossa maneira de viver, os nossos valores, a nossa identidade, as nossas culturas. É um inimigo que está dentro, é uma hidra que se esconde no nosso seio e que tem de ser degolada sob pena de nos chacinar. De certa forma é irónico: o país europeu que mais abertura mostrou para o problema social e humanitário dos refugiados é o que é fustigado agora. Onde a direita governa, a espada implacável do terrorismo cobarde faz-se sentir. Ninguém está incólume, não há aqui países neutros perante a ameaça. Todos são ou podem ser alvo. Depois do Brexit e das eleições americanas vamos ver como os eleitores alemães vão responder a esta provocação. Isto é um grande estímulo para os nacionalistas e as forças xenófobas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s