Madre Teresa de Calcutá

Não vou entrar nesta celeuma. Apenas dizer como laico que cada religião tem direito de canonizar os santos que entende. O Islão tem os seus, O Judaísmo os seus, é natural que o Catolicismo tenha os seus. Achar a religião uma fonte de hipocrisia, o que dizer das ideologias totalitárias culpadas pelos maiores morticínios que a Humanidade já presenciou? Apenas não compreendo que a mortificação e o sofrimento seja uma estrada para se chegar ao transcendental e à Luz. Não aceito melhor. É uma expressão de bestialidade e irracionalidade. Li um documentário sobre esta albanesa que mudou o que pensava dela e que tem a ver com essa ideia da mortificação e sofrimento que não aceito. Deus fez-nos à imagem dele para procurarmos ser mais perfeitos e encontrarmos a razão porque estamos na Terra e a nossa relação com os outros. Receber a Luz e transmiti-la. Esta albanesa tem pouco a ver com isso mas com uma maneira de olhar para a religião como uma fábrica de recrutamento de almas. Sob a promessa da Salvação. Poucos os escolhidos, muitos os ‘danados’. Respeito quem pensa assim mas não concordo.

Religião, umas das mais poderosas máquinas de hipocrisia e manipulação da humanidade.

Mother Teresa was a moral monster, a sadistic religious fanatic guilty of medical malpractice.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Canonização, Igreja Católica., Madre Teresa de Calcutá. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s