A nossa identidade

Mais uma razão para os islamitas odiarem a América. É como a burkini [em França]. Quando cedemos a identidade para nos adaptarmos à dos outros perdermos a nossa e não ganhamos nenhuma. Essa é provavelmente a questão de fundo. Não é um problema de assimilação mas de integração. Quando residimos num país estrangeiro temos de nos adaptar. Uma amiga de outros tempos fez um fim-de-semana em Kuala Lumpur há uns anos e ficou num hotel de cinco estrelas. Desfrutando da piscina lembrou-se de retirar a parte de cima do bikini para apanhar sol. Foi chamada imediatamente a atenção pelo serviço do hotel que isso é proibido.

The Pentagon’s decision in late June to open the ranks to transgender service members was informed by months of RAND research into the costs and numbers involved. Here’s an overview.

Our research has also led to the repeal of “don’t ask, don’t tell” and helped inform the decision to integrate women into combat positions.
rand.org
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Ocidente, Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s