Inoportuno


A iniciativa do Consulado de Portugal em Macau de fazer uma iniciativa de promoção de vistos Gold em Portugal quando o processo judicial está nas primeiras páginas dos jornais em Lisboa e com chineses entre os arguidos parece-me inoportuna. Não se está a inferir nada mas enquanto o sistema judicial não apurar todas as responsabilidades não faz grande sentido.

Na lista de arguidos constam também o antigo presidente do Instituto de Registos e Notariado, António Figueiredo, o ex-director nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Manuel Jarmela Palos, a ex-secretária-geral do Ministério da Justiça, Maria Antónia Anes

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Portugal, Uncategorized, Vistos Gold. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s