Regresso à aridez da cidade

CrowdsAusente por férias de Natal nas doces praias do Mar de Andamen encontro a cidade apinhada com os vereneantes do costume que tornam o circular, na cidade, um pandemónio. Não se consegue cruzar o centro da cidade sem ter de contornar alguém para evitar um choque de frente.

Apesar do que se dizia por aí, Macau não ganhou nada, nada mesmo, como este turismo pé-descalço. São pessoas que gastam pouco, acrescentam um ruído imenso à cidade, fazem disparar os preços e fechar os poucos locais úteis em que era possível fazer uma compra decente de algo que é necessário

Hoje vi-me azul para comprar umas canetas Uniball para as leituras do fim-de-semana prolongado. Lá descobri,num esconso, na rua das Estalagens, um sitio onde as encontrei. Mas a caminho cruzei-me com dezenas de ‘pastelarias’ onde impingem aos transeuntes uma tira de toucinho rançoso acastanhado a que chamam iguaria. Um cheiro fedorento que apenas se tolera na época de Inverno. No Verão só com uma mola no nariz.

Macau tornou-se árido com os anos. Perdeu aquela singularidade que a fez única. O património mantém-se, mais ou menos escondido, por detrás do arvoredo do cimento, mais pela vergonha de se lhe ser retirada a classificação de Património da Humanidade do que por convicção das autoridades quanto `as suas vantagens relativas.

Vi pelos jornais algumas críticas aos Serviços de Turismo pela falta de trajectos culturais para a tal cidade charneira de culturas. Os jornais não têm, manifestamente, razão. O milhão e tal de veraneantes que nos invadem, periodicamente, não querem cultura e sofisticação. Querem um decor para o selfie, uma tasca para a sopa-de-fitas e locais onde possam comprar os infernais doces locais. É verdade e casinos à mão para jogarem umas notas. Podem os Serviços de Turismo descansar que não há nada a fazer. Quem nasce torto pouco ou nada se endireita.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Macau, Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s