Fareed Zakaria: eu sou muçulmano

Identifico-me completamente com o que Fareed Zakaria diz aqui no seu programa GPS, do que o discurso xenófobo e racista de Donald Trump representa para o cruzamento de culturas, fés e etnias que é a experiência inigualável dos Estados Unidos. Assume-se como muçulmano não praticante, alguém que nasceu num determinado contexto cultural-religioso mas que não é crente. Ninguém tem o direito de caluniar e verberar essa cultura em nome de uma pretensa superioridade rácica e de uma retórica nazi-fascista. Donald Trump insulta a dignidade da nação americana, espezinhando aqueles que fizeram o contrato social de onde ela emergiu. Talvez seja a germanofilia que lhe corre nas veias não sei. Fareed deixa uma nota positiva que espera que os eleitores americanos dêem a devida resposta ao espectáculo indigno do candidato Trump. Torço para que assim seja. Seria lamentável que depois dos EUA terem dado uma lição ao mundo escolhendo para presidente um descendente dos escravos e da principal minoria do país, fossem escolher agora a personificação dos esclavagistas e da mentalidade Ku-Klux-Kan.

See More

CNN’s Fareed Zakaria gave his take on GOP frontrunner Donald Trump’s hateful and fearmongering rhetoric…
youtube.com
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s