Marcelo Rebelo de Sousa

Henrique Monteiro no Expresso. A multiplicação de candidaturas na esquerda socialista e na extrema-esquerda comunista irá inviabilizar uma alternativa séria a quem joga, e forte, no centro. Como vários diziam o centro estava órfão depois da peleja eleitoral. Encontrou uma razão para não se sentir mais. Os portugueses vão gostar de Marcelo na presidência. É imaginativo, emotivo, cordato, tem uma memória de elefante. E pratica a religião que é a sua. Não se fica pela pia baptismal. 

<Todos os seus concorrentes têm de se colocar – passe a expressão – em bicos dos pés, mas o ex-líder do PSD, ex-comentador de televisão e futuramente ex-professor de Direito tem a terra desbastada. Corre numa pista de tartan, com sapatos adequados, enquanto os outros vão a corta-mato e de chinelos.Acresce que ele corre sozinho na sua área política, ao passo que os restantes se acotovelam. Dois deles, ambos membros do PS, representam a moderação socialista – Maria de Belém, que sem apoios institucionais do partido consegue bons ‘scores’ e Henrique Neto, que conta com uma certa hostilidade de quem não gosta de gente politicamente incorreta a dizer as verdades. O resto é tudo semelhante: Sampaio da Nóvoa, Marisa Matias, Edgar Silva são candidatos que alegram aquela esquerda mais ou menos folclórica, mais ou menos simpática e mais ou menos caviar que está na moda.>

Arnaldo Goncalves's photo.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s