As dores de cabeça de Alexis Tsipras

Tsipras vai ter que se haver com várias coisas para fazer ‘passar’ o acordo. A primeira, a deserção da esquerda do Syrisa que o vai acusar de ‘traição’ ao povo grego. A segunda, o custo do apoio da Nova Democracia e do PASOK no parlamento que ainda este ano vão exigir eleições antecipadas. Terceiro, a agitação nas ruas provocada pelos sindicatos, pelo Partido Comunista, pelos anarquistas que corre o risco de paralizar o funcionamento do Estado quando as tais quatro + duas medidas têm de ser aprovadas pelo Parlamento grego. Faz lembrar o velho ditado: quem não quer ser lobo, não lhe veste a pele. Ele nunca imaginou estar neste pé. É fácil ser oposição; o problema é quando se é governo.

Arnaldo Goncalves's photo.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a As dores de cabeça de Alexis Tsipras

  1. Tsipras estava fadado ao mesmismo da esquerda, mas pelos “Deuses Gregos” tomou a decisão certa e nao tirou o país da eurozone!
    O difícil agora, como você disse, sera convencer aos malucos do Syrisa e dos gregos que o certo é seguir o acordo, e fazer ainda mais e o certo: Diminuir o estado Grego que cresce e cresce a cada dia que passa..

    • Sim mas perceber bem a mentalidade é preciso perceber o contexto. Leia a entrevista do historiador grego Nikolas Bloudanis ao Le Monde ‘La Grèce a échoué à construire un Etat moderne’. Faça google que encontra. Obrigado pelo comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s