Rajada de fogo real sobre o Syrisa

Canon-Firing

O fogo sobre a posição do Syrisa já se faz sentir com declarações acaloradas do Presidente Juncker da Comissão Europeia e cínicas do Ministro das Finanças da Alemanha. Juncker é um homem cansado que foi eleito à segunda depois de inúmeras pressões da sua família política, o PPE. Wolfgang Schäuble é um ministro à antiga que representa o pior que o establishment alemão tem. Cada um deles procurou dramatizar criando pressão sobre o eleitorado grego, mas o efeito será contrário. Como sabe quem visitou a Grécia, nos últimos meses, a mínima referência à Alemanha gera rancor, senão ódio da parte do cidadão comum. É a primeira pergunta que é colocada ao turista que aborda o taxista, o homem do café, etc. Esta animosidade tem explicações históricas no pesado legado que a Alemanha deixou na Segunda Guerra Mundial. É provável que a pressão se reforce nos próximos dias. A França pediu calma e apelou ao regresso da Grécia às negociações, o que faz sentido com a postura equívoca de François Hollande. Mas só haverá uma luz ao fundo do túnel domingo de madrugada, quando se souber o resultado do referendo. Entretanto as bolsas cairam em vertical mostrando que sabem ler melhor os sinais do vento que os políticos europeus. Seria interessante rever o caso da Islândia para perceber que um pequeno país, exposto à conjuntura externa pode fazer o seu caminho, melhor, por si só, fora do pelotão dos 28. Não deixa de ser menos europeu, por isso.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s