A diáspora e o relaxe dos políticos portugueses

Algo que gostaria de ver o nosso governo em Lisboa fazer. Valorizar os portugueses expatriados que estão na diáspora como os ingleses o fazem. Não meros contribuintes de fundos para cobrir os défices nacionais como costumam fazer. Esta tem sido uma postura comum a vários governos, Passos Coelho mas também antes José Sócrates e António Guterres. Quando é que veremos os palermas dos nossos políticos a terem orgulho nos portugueses da diáspora e no seu sucesso? E a não traçar políticas idiotas para nos terem de regresso? Sejam crescidos. Estamos aqui porque gostamos, ninguém nos forçou a continuar aqui. Não nos esquecemos do país mas não vivemos em psicose por causa dos seus pequenos dramas e fantochadas. Cá fora não há justificações relapsas, nem desculpas. Ou se aplica e triunfa ou vai de volta. Extraordinária a ‘garra’ das novas gerações, internacionalizadas, abertas ao mundo.

Arnaldo Goncalves's photo.
Like · Comment · 
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s