Presidenciais em Portugal

Percebe-se a lógica, mas é cedo. Temos muitos coelhos à solta que vão ficar pelo caminho até à recolha de assinaturas. Rui Rio não tem perfil (ainda) para ser candidato presidencial. Há um rotativismo esquerda-direita na presidência da república que limta e condiciona a candidatura da direita. Até porque o segundo mandato de Cavaco tem sido penoso e cáustico. As pessoas associam tudo o que de mal aconteceu no último ano aos seus silêncios, equívocos e falta de frontalidade. Guterres é o candidato natural da esquerda. Apenas está a procurar ganhar tempo para as várias hipóteses em aberto (as afirmações de Jorge Coelho são contra-informação). Se falhar eñtão há possibilidades para o centro-direita. Continuo a achar que Marcelo é o candidato ‘natural’ deste espaço. Grangeia simpatias para além da base eleitoral do PSD-PP. Ainda assim é razoável correr-se o risco de sobrepor as presidenciais ao resultado das legislativas. Nunca antes de Outubro o anúncio do candidato, portanto. Outra coisa quem insiste no tal candidato ‘independente’ ignora a nossa história. Não há tradição em Portugal de candidatos ‘independentes’ ao cargo de pesidente da república. Existem razões políticas para isso, o que tem a ver com a história da monarquia.

See More

Marcelo quer outubro, mas Sarmento acha que o melhor timing para uma candidatura presidencial é até junho. Convite a Rui Rio?
expresso.sapo.pt|By EXPRESSO – Impresa Publishing S.A.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s