O homúnculo

Bava

A vergonha do Bava deveria estender-se aos que o contrataram, em tempos de vacas gordas, esperando ter encontrado o rubi que adornaria a Portugal Telecom. O paquistanês era igualissimo às centenas de yupies que o Cavaquismo despertou no rectângulo à beira-mar plantado. Mas tinha aquele toque de sabichão de quem nasce a saber tudo. Falava bem inglês, segundo me foi contado e fazia um brilharete em reuniões internacionais. Tinha lata, o que é um primeiro passo para ser-se engraçado em Portugal. Hoje percebeu-se que a montanha pariu um homúnculo. Os que o recrutaram devem estar ufanos de alegria.

http://expresso.sapo.pt/o-video-de-zeinal-gestor-sem-memoria-nao-atuei-nao-li-nao-fiz-nada=f912797

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s