A dignidade de António José Seguro

SeguroÉ tão difícil ser coerente em política e por isso tiro chapéu a António José Seguro que hoje se demitiu de deputado do PS. Dá provas que não precisa da política e das suas benesses. Fez o seu papel; jogou com as cartas que tinha e perdeu. Ficar na AR seria ficar vinculado a decisões que a disciplina partidária (e Costa) lhe impusesse. Também Marques Mendes saiu; e Pedro Santana Lopes; quando deixaram a presidência do PSD. É um desligamento do poder raro na vida pública. Terá agora a vantagem do distanciamento e do silêncio (a que creio se irá remeter). Na política morre-se várias vezes.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s