Os Jihadistas portugueses

Jihad

Obrigado Alexandre. Preocupante. A revelação que temos entre 10 a 20 militantes de origem portuguesa nas fleiras da ISIS desperta a necessidade de se acompanhar do ponto de vista social mas também de segurança este problema. A degenerescência dos valores na nossa sociedade leva a que os jovens sejam atraídos por projectos utópicos e messiânicos. Daí ao terrorismo é um passo. Na minha geração eram as Brigadas Vermelhas e o grupo Baden-Meinhof a responder a esses anseios de militância radical. Agora são as organizações Jihadistas. A despersonalização e a amoralização é rápida e irreparável. Portugal está mesmo maduro para mandar ‘soldadinhos de chumbo’ para estas guerras santas. Não creio que os partidos políticos e as ONGs habituais estejam conscientes da gravidade do problema.

In http://aventar.eu/2014/08/24/os-hippies-da-sharia/

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s