O expansionismo imperial de Vladimir Putin

Ucrania

Provável deslocação do exército russo pelo território da Ucrânia e zonas [potenciais] de projecção de força dos russos: Roménia, Bulgária e Turquia. Tratam-se de objectivos militares perfeitamente fazíveis e passíveis de concretizar em curto espaço de tempo. Duvido que a União Europeia tenha a capacidade de pensamento estratégico para articular uma resposta; a NATO terá que assumir a liderança da resposta táctico-militar. Deverão se esperar manifestações de comunidades russófonas nos vários países limítrofes da Ucrânia. Isto é um plano premeditado, perfeitamente pensado. Será bom relermos a estratégia que Estaline seguiu para ocupar os Estados do Báltico nas barbas do aliados à saída da Segunda Guerra Mundial. A história repete-se sempre.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s